Construção de Proposta

Transformar a dor do seu cliente em uma solução com escopo e objetivos claros. Está é a definição de uma Proposta Comercial.

Nesta etapa comercial precisamos encantar o prospect em todos os sentidos, desde a apresentação do escopo do projeto até a negociação de valores. Se você chegou até aqui, deve caprichar em cada detalhe, isso fará total diferença na escolha da melhor proposta apresentada. Seja detalhista!

Separamos a construção da proposta em 3 etapas principais:

  • Preparação
  • Apresentação
  • Follow-up

É neste momento que você precisa encantar e vender a sua ideia, coloque energia e seu vendedor interno para dar show! Você não terá outra chance.

Preparação

A ideia desta etapa é você interpretar as informações contidas no briefing. Se o briefing foi bem construído, não terá problemas em desenhar um bom escopo de trabalho.

Traga o cliente para dentro do seu projeto. Deixe claro o objetivo da proposta e qual será a dor que você irá solucionar com seu escopo.

Uma boa técnica para elaborar o seu material é, trazer a identidade visual do seu cliente para dentro da proposta. Treine. Faça a mesma apresentação para outros membros da Agência para coletar feedbacks e se ficou claro o objetivo e entregáveis do projeto.

Precificação

Ao construir sua proposta, é importante precificar corretamente o valor que será passado ao cliente.

Para isso, disponibilizamos um Kit de Precificação exclusivo para parceiros RD que irá te ajudar nesta etapa da venda.

Acesse aqui!

Apresentação

Hora do show! Nunca envie a proposta por e-mail, sempre apresente!

Capriche na sua apresentação, você só terá esta oportunidade para convencer seu prospect.

Sugerimos seguir a regra 10-20-30 de Guy Kawasaki, que já foi colaborador e “chefe evangelizador” da Apple (uma espécie de missionário da marca). Hoje, ele dirige um fundo de venture capital – o Garage Technology Ventures – e está acostumado a ver muitas apresentações ruins.

Follow-up

Nunca saia da reunião de proposta sem um próximo passo. Alinhe com seu cliente a expectativa e o tempo que ele precisa para assinar o contrato com você.

Quanto mais tempo passar pós apresentação, pior. Uma proposta apresentada que fica mais de 15 dias sem Follow-up, considere-se fria.

Crie um fluxo de cadência de atualização da proposta de 3 em 3 dias ou no máximo 7 em 7 dias.